como se sentir feliz

Como se sentir feliz em 5 passos simples

Pequenos passos para conquistar o bem-estar

Como se sentir feliz mesmo nos dias mais complicados? Acredite, não é uma tarefa fácil. Principalmente porque a “felicidade” tem um conceito muito subjetivo que é ativamente discutido por estudiosos. No entanto, você pode aprender como se sentir feliz cuidando do seu corpo para que, então, você busque seus principais objetivos e desejos.

1. Medite

A meditação é uma técnica que consiste em aprender a estar totalmente presente e consciente no momento atual, em vez de permanecer pensando sobre o passado ou futuro. Assim, essa é uma ótima oportunidade para quem sofre com ansiedade, pressões no trabalho e estresse. Conheça um pouco sobre os efeitos provocados pela meditação no corpo humano:

  • Diminuição do estresse

Em entrevista para a revista Psichology Today, Jon Kabat-Zinn, Ph.D., e diretor da Clínica de Redução de Estresse no Centro Médico da Universidade de Massachusetts, o papel da meditação é ajudar o praticante a lidar com o estresse sem fugir da dor e do sofrimento de algumas situações.

  • Melhora a função imunológica

O estudo “Alterações no cérebro e função imunológica produzidos pela Meditação Mindfulness” avaliou os efeitos dessa prática em um programa de treinamento clínico aplicado em profissionais saudáveis. Percebeu-se que houve aumento significativo nos anticorpos em reação à vacina nos participantes que meditavam em comparação ao grupo controle.

  • Aumenta a qualidade do sono

efeito da meditação na qualidade do sono foi avaliado no estudo de pesquisadores da Universidade da Califórnia. Com a meditação, os participantes tiveram menos insônia, fadiga e depressão.

  • Melhora a cognição

Segundo o estudo “Meditação Mindfulness melhora a cognição: evidência de treinamento mental breve”, pesquisadores sugerem que 4 dias de meditação já causam efeito positivo na cognição e no humor. O grupo que participou do estudo apresentou a redução da fadiga, ansiedade e o aumento da atenção plena.

2. Escolha alimentos que te ajudem

Como se sentir feliz comendo? Talvez você não saiba, mas há alimentos que possuem propriedades capazes de trazer felicidade às pessoas. Isso acontece porque eles aumentam a produção de neurotransmissores responsáveis pela comunicação entre as células nervosas e pela criação de sensações de bem-estar.

No entanto, antes que você vá para o supermercado, é bom lembrar que esses efeitos só são atingidos quando o consumo é frequente e há equilíbrio na alimentação, com respeito às quantidades necessárias para que o corpo se mantenha saudável. A seguir, conheça algumas opções para colocar no carrinho.

  • Banana

Esse alimento contem triptofano, um químico cerebral que ajuda a regular o humor, de acordo com o estudo de Ara Derarderosian, da Universidade de Ciências, na Filadélfia.

  • Amora

Certos sabores têm uma semelhança química com o ácido valpróico, que é uma droga estabilizadora de humor prescrita, de acordo com uma pesquisa conduzida pelo Instituto Torrey Pines de Estudos Moleculares. A flavonóide antocianidina encontrada na amora também reduz a inflamação, que tem sido associada ao aumento das taxas de depressão.

  • Chocolate

O chocolate preto é uma boa fonte de antioxidantes, mas também é indicado para reduzir o hormônio do estresse cortisol, de acordo com um estudo no Journal of Proteome Research.

  • Salmão

Este alimento está repleto de ômega-3, que podem melhorar o humor e combater a depressão, segundo um estudo publicado na revista Pharmacological Research.

3. Use o sol como um aliado

Permanecer 15 minutos por dia tomando sol são suficientes, de acordo com os especialistas, para ter uma saúde de ferro e regular o humor. Afinal, a vitamina D ativa genes responsáveis pela liberação de neurotransmissores, como dopamina e serotonina, que garantem a sensação de prazer, bem-estar e felicidade.

4. Afaste-se de pessoas tóxicas

Quando falamos sobre isso, tratamos de uma distância emocional que permita com que você consiga crescer cada vez mais com energias positivas ao seu redor. A princípio, é difícil imaginar como se sentir feliz sem certas pessoas em sua vida. No entanto, você precisa avaliar se aquela situação é saudável para você, pois relações negativas trazem perigos ao bem-estar.

5. Fique de olho na sua autoestima

Uma pesquisa neozelandesa, conduzida pela Universidade de Canterbury, comprovou que uma boa autoestima é capaz de transgredir a barreira emocional para atingir a fisiológica. Por isso, trabalhe ativamente a autoaceitação, a autoconfiança e a socialização. Ame quem você é!

Então, esse post te ajudou? Comente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.