se sentir feliz

Veja aqui 7 dicas para você se sentir bem por ser mulher!

Ser mulher significa enfrentar desafios diários na luta por igualdade de gênero. Não à toa, vários períodos na história são marcados pela reivindicação feminina por seu direitos. E bastante espaço já foi conquistado, é verdade: do voto e lugar no mercado de trabalho à pílula anticoncepcional, o empoderamento feminino vem se expandindo ao longo dos anos.

Porém, ainda há muito o que progredir no que diz respeito às adversidades do dia a dia. Autoestima, autoconfiança, motivação profissional e saúde emocional são fatores que, por vezes, acabam abalados devido à influência da pressão social — a sobrecarga de funções que envolvem a maternidade, o casamento e a vida profissional, por exemplo, ainda atinge boa parte das mulheres.

Pensando em lhe ajudar a tomar um fôlego nesse cenário, a enxergar aspectos positivos da jornada feminina na sociedade e se sentir bem por ser mulher, preparamos 7 dicas práticas. Dê uma olhada:

1. Participe de movimentos com propósitos

Quando você participa de movimentos em prol das mulheres e tem contato com as causas que se relacionam ao bem-estar delas, fica mais fácil de entender quais são os problemas em questão e o que pode ser feito para resolvê-los.

No mês de março, em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, por exemplo, diversas mobilizações dão voz ao público feminino. Na internet, é possível fazer parte do movimento usando as hashtags #MulheresQueInspiram e #OLugarDaMulherÉOndeElaQuiser.

Outra alternativa é acompanhar palestras, rodas de conversa e encontros de mulheres em coletivos independentes, faculdades e até eventos na esfera pública.

2. Incentive o amor próprio entre as mulheres

A quebra de padrões e o incentivo ao amor próprio são o caminho para se sentir bem. No momento em que você encoraja outras mulheres a gostarem delas do jeito que são, a amarem seus corpos, você também está contribuindo para sua autoestima!

A auto aceitação de uma é benéfica a todas, porque permite novos olhares sobre as regras do que “é bonito” ou não. Ao ressignificar o conceito de beleza, as mulheres se vêem livres para serem o que elas quiserem.

3. Aproxime-se de outras mulheres

Sabe aquela frase “a união faz a força”? É exatamente isso o que acontece na aproximação das mulheres. Afinal de contas, quem melhor para entender suas aflições e adversidades do que outra igual a você? Por isso, cultive suas amizades e aproveite momentos incríveis ao lado delas!

4. Siga perfis de mulheres que você admira

Busque inspiração em figuras femininas que você admira. Basta procurar no Instagram, Facebook e Twitter os perfis de mulheres que lhe inspiram e começar a segui-las. Veja o que elas pensam, como lidam com o cotidiano e de que maneira se manifestam para enfrentar os desafios.

5. Fortaleça o combate a qualquer tipo de assédio

Todo tipo de assédio, seja ele moral, sexual, psicológico ou emocional, precisa ser combatido. As mulheres são as principais vítimas desse tipo de violência e unir forças para combatê-la é fundamental. Ao vivenciar ou presenciar uma situação de assédio, portanto, não hesite em denunciar o autor.

6. Ofereça ajuda a mulheres que precisem

Frente a qualquer adversidade, é bom ter com quem contar para se recuperar, não é mesmo? Portanto, sempre que você puder, esteja pronta para oferecer ajuda a mulheres que precisam.

Pode ser uma amiga que não tem acompanhante para ir ao médico ou a vizinha que precisa deixar o filho pequeno com alguém para fazer o vestibular. O importante é contribuir para solucionar o problema de uma mulher próxima a você.

7. Promova debates sobre tabus

Mesmo em conversas simples do dia a dia, é possível levantar debates sobre tabus que prejudicam o empoderamento de mulheres. Então, promova esse tipo de conversa e vá quebrando paradigmas limitadores!

O post chegou ao fim, mas nós temos mais dicas para você se sentir bem. Descubra como atrair a felicidade em alguns passos simples clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.